Bem vindo ao Blog Inclusão Digital na Web!

Inclusão Digital é aquela na qual todas as pessoas sem distinção, estão habilitadas livremente para criar, receber, compartilhar e utilizar informação para o seu desenvolvimento econômico, social cultural e político (ABERJE,2003).
A Internet pode ser um grande meio de informação para as pessoas com deficiência se pequenas atitudes, forem tomadas. Em nosso país existe uma Lei de Acessibilidade (nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000), que necessita de revisão, por não conter a questão do acesso à internet.
O direito de acesso à informação, educação, cultura e lazer, que deveria ser garantido, não vem sendo cumprido, devido às dificuldades encontradas no acesso por usuários deficientes visuais. (Castro, 2006). Guilherme Lira (2005), presidente da ONG Acessibilidade Brasil  que trabalha em parceria com o governo federal na formulação das novas regras para adequar os portais e sítios do governo na internet, afirma que, “antes os portadores de necessidades especiais eram duplamente excluídos, pela deficiência e pela falta de inclusão digital e que um mundo onde não haja exclusão está sendo construído. Isso está acontecendo no mundo inteiro e deve envolver pelo menos a metade da população brasileira” (Acessibilidade Brasil). O presidente da ONG conta ainda que esse modelo é fundamental para aproximadamente 24,3 milhões de pessoas com deficiência no país.
O uso de materiais digitais acessíveis em contextos educacionais vai ao encontro do que diz Menezes (2006) quando ressalta que a Informática na Educação pode potencializar a inclusão de alunos com necessidades especiais no sistema regular de ensino, pois são dois grandes desafios que a sociedade atual impõe aos profissionais da Educação.
As novas tecnologias da informação e da comunicação prometem suscitar uma transformação radical na vida em sociedade ao permitir ouvir a voz do plural, a enunciação coletiva,  condição-chave para  a construção de uma sociedade de plena participação e de igualdade. (Conforto e Santarosa, 2002).
O principio fundamental da escola inclusiva é o de que todas as crianças devem aprender juntas, sempre que possível, independentemente de quaisquer dificuldades ou diferenças que elas possam ter. Escolas inclusivas devem reconhecer e responder às necessidades diversas de seus alunos, acomodando ambos os estilos e ritmos de aprendizagem e assegurando uma educação de qualidade à todos através de um currículo apropriado, arranjos organizacionais,  estratégias de ensino, uso de recurso e parceria com as comunidades.
Na verdade, deveria existir uma continuidade de serviços e apoio proporcional ao contínuo de necessidades especiais encontradas dentro da escola.(DECLARAÇÃO DE SALAMANCA.1996).
No próximo posst, apresentamos  os princípios básicos da Acessibilidade na Web visando explicitar aspectos fundamentais à temática aqui discutida.
Comentem este post para que possamos aprofundar e compartilhar informações!
Abraços,
Paloma Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: